Em um desenvolvimento chocante, descobrimos que a Sociedade Torre de Vigia cometeu perjúrio perante a Comissão Europeia de Direitos Humanos. Esta é uma comissão que opera sob autoridade do Tribunal Mundial, e a Sociedade Torre de Vigia aparentemente apresentou um pedido falso e enganador sobre objeções ao reconhecimento legal que foram levantados pelo governo da Bulgária.

Ao ler o comunicado de imprensa emitido pela comissão, será facilmente evidente para qualquer pessoa familiarizada com as Testemunhas de Jeová, que os oficiais da Torre de Vigia mentiram.

Aqui está um parágrafo-chave sobre crianças e a questão do sangue:

No que diz respeito ao suposto envolvimento de crianças, a associação em questão alega que as crianças não podem se tornar membros da associação, mas apenas participam junto com seus pais nas atividades religiosas da comunidade. No que diz respeito à recusa de transfusões de sangue, a associação requerente alega que não há sanções religiosas para uma Testemunha de Jeová que opte por aceitar a transfusão de sangue e que, portanto, o fato da doutrina religiosa das Testemunhas de Jeová ser contra transfusões de sangue não pode ser considerado como uma ameaça à “saúde pública”. 

Não é inédito que crianças sejam batizadas e se tornem membros da associação antes de chegar aos dez anos de idade, embora a maioria das crianças das Testemunhas de Jeová provavelmente estejam na adolescência quando se tornam oficialmente membros da congregação e sujeitos a seu processo de jurisdição.
Quanto uma Testemunha aceita um dos produtos sanguíneos proibidos ou uma transfusão de sangue total, a posição histórica da Torre de Vigia ficou bem clara:

“… o receptor de uma transfusão de sangue deve ser cortado do povo de Deus por excomunhão ou desassociação … se, no futuro, persistir em aceitar transfusões de sangue ou doar sangue para a realização desta prática médica em outros, ele mostra que realmente não se arrependeu, mas está deliberadamente em oposição às exigências de Deus. Como um oponente rebelde e um exemplo infiel para os colegas da congregação cristã, ele deve ser expulso pela desassociação. – A Sentinela 15/01/1961 pp. 63, 64

Qualquer pessoa pode ver o comunicado de imprensa por si mesmo visitando o arquivo no site da Comissão de Direitos Humanos, onde o comunicado de imprensa ainda é mantido. Você também pode ver o acordo amistoso entre a Torre de Vigia e a Bulgária, onde eles se perjuraram, e que ainda é mantido no site da Comissão – veja o documento.

É possível que a Comissão Europeia de Direitos Humanos tenha fabricado tudo isso como algumas Testemunhas sugeriram? Não, uma vez que tudo que a Sociedade Torre de Vigia teria que fazer é mostrar o documento original para se reivindicar.

Convidamos a STV a responder essas sérias acusações, contactando-nos e se mostrando disposta a publicar sua resposta oficial. As Testemunhas de Jeová sinceras recordam e levam a sério as palavras da Bíblia. Claramente, seus líderes não.

*** João 8:44 ***
Vocês são filhos do seu pai, o Diabo, e querem satisfazer os desejos do seu pai.Ele foi um assassino quando começou, e não permaneceu na verdade, porque nele não há verdade. Quando ele fala a mentira, está fazendo o que lhe é próprio, porque é um mentiroso e o pai da mentira.
*** Tiago 3:14-15 ***
…não se gabem, não mintam contra a verdade.
*** Colossenses 3:9 ***
Não mintam uns aos outros…
*** 1 João 2:21 ***
…porque nenhuma mentira se origina da verdade.
*** Revelação 21:27 ***
Mas nada que seja impuro, e ninguém que faça coisas repugnantes e enganosas, jamais entrará nela; só entrarão os inscritos no rolo da vida do Cordeiro.