Uma das maneiras mais eficazes que temos encontrado em ajudar outras Testemunhas analisar a doutrina do sangue da Sociedade Torre de Vigia (STV) é pelo uso de perguntas. As perguntas seguintes têm sido utilizadas por membros da AJWRB e médicos em diferentes partes do mundo.

Se você está investigando a política do sangue da Torre de Vigia nós o convidamos a considerá-las cuidadosamente. Pesquise as publicações ou discuta suas preocupações com os anciãos respeitosamente, e peça-os para ajudá-lo a entender o que eles pessoalmente acreditam e como lidam com essas questões difíceis. Você também pode desejar discuti-las com os membros de sua família ou amigos, como forma de ajudá-los a analisar a política do sangue e seu compromisso com ela.


  • Quais são os produtos de sangue que uma Testemunha de Jeová pode aceitar, e quais não podem? onde na Bíblia é isto explicado?
    .
  • Por que todas as crenças cristãs [e até mesmo os judeus mais ortodoxos, que são dependentes da Torá (lei), leem diariamente, filosofam seu contexto, leem no original hebraico (de modo a compreender o contexto tradicional), e amam a Lei de Deus mais do que suas próprias almas] não proíbem o uso médico do sangue? É razoável que as Testemunhas de Jeová sejam as únicas que acreditam desta maneira?
    .
  • Se Gênesis 9:3-7 apresenta um “pacto eterno”, que é vinculativo para toda a humanidade, por que Paulo recomenda a singularidade, e por que a Torre de Vigia permite o uso do controle de natalidade que parece claramente estar em violação ao terceiro elemento desta aliança: “Mas vós frutificai e multiplicai-vos; povoai abundantemente a terra, e multiplicai-vos nela. Gênesis 9:7?” Podemos escolher quais partes da “aliança eterna” havemos de manter? Se estas partes do pacto não são vinculativas, como pode ser um “pacto eterno?”
    .
  • Uma vez que mesmo um sangramento profundo de um animal abatido deixa tanto quanto 50% de seu sangue na carne, como Deus pode nos conceder permissão para comer essa carne se for o consumo real de sangue censurável? Será que isso também não é “utilizar o sangue” para sustentar a vida
    .
  • Se consumir sangue era uma ofensa capital, porque os homens de Saul não foram executados quando comeram o sangue, juntamente com a carne? (1 Sam.14:31-35)
    .
  • Desde que um israelita podia comer um animal que morreu por si não sangrado, quando necessário, (Veja Lev. 17:15) e o resultado disso seria apenas a impureza cerimonial que exigia tomar banho e lavar as roupas, porquê a Torre de Vigia ensina que devemos evitar aqueles que aceitam um componente do sangue (que não consta em sua lista atual aprovada) para salvar uma vida?
    .
  • Uma vez que a exigência do sangue ser derramado está contido na Lei Mosaica, e não repetido nas escrituras gregas, e uma vez que os cristãos não estão sob a Lei mosaica, porque seria errado armazenar o próprio sangue antes de uma operação?
  • Jesus estava disposto a realizar milagres no sábado, a fim de salvar vidas, ou simplesmente curar os doentes, e ele não condenou a mulher com o fluxo de sangue por tocá-lo e fazê-lo impuro. Em vez disso, ele condenou os fariseus por sua visão legalista. Jesus não iria fazer uma exceção a uma regra dietética para salvar uma vida humana?
  • Como pode a Torre de Vigia ver a admoestação “se abster de comer carne sacrificada a ídolos” como simbolizando a maior questão da “idolatria” e não regulamento dietético, enquanto, ao mesmo tempo vê “abster-se de comer sangue” como regulação da dieta literal e não simbolizando a maior questão da “santidade da vida”. Como eles podem ter esta diferença dramática de ponto de vista quando as duas observações alimentares ocorrem na mesma sentença e versículo da Bíblia? (Atos 15:29)
  • Desde que foi fundamentado que a comida oferecida a ídolos pode ser comida, e que alguns componentes do sangue podem ser usados, deveria um pouco de fornicação também ser OK?
  • Não utilizar o tratamento médico para seu filho quando é a única alternativa, não irá torná-lo responsável pela morte? Como pode a morte de uma criança ser justificada com base em uma regra judaica de preparação de alimentos?
  • Se uma transfusão de sangue é essencialmente um transplante de órgão, como pode ser visto como “comer sangue”, uma vez que não há nenhuma digestão ou benefício nutritivo? Pode ser uma transplantação de órgão e uma refeição ao mesmo tempo?
  • Se armazenar seu próprio sangue para uma transfusão autóloga é errado, por que a Torre de Vigia permite o uso de vários componentes do sangue que devem ser doados e armazenados antes de serem utilizados pelas Testemunhas de Jeová?
  • Em que base a Torre de Vigia usa as expressões “sustentar a vida”, ou “utilizar o sangue” com respeito a aceitar uma transfusão de sangue, quando essas palavras nunca ocorrem na Bíblia?
    .
  • O que a expressão “abster-se de sangue” (Veja Atos 15:29) realmente significa? O que o contexto sugere?
  • Porque a Torre de Vigia tem que citar médicos que viveram há centenas de anos para encontrar apoio de sua crença de que uma transfusão é uma alimentação de sangue? É porque os médicos modernos não reconhecem que uma transfusão de sangue é o mesmo que “comer sangue?”
  • Por que os escritores da Torre de Vigia se sentem compelidos a exagerar os riscos das transfusões de sangue, e fazer parecer que é sempre uma medicina ruim, quando quase todos os especialistas discordam? Por que eles não publicam estatísticas recentes e precisas?
  • Por que a Torre de Vigia não publica estatísticas sobre os riscos de se recusar uma transfusão de sangue medicamente necessária quando alternativas não-sangue foram esgotadas ou não existem?
  • Como é que a Sociedade vai decidir sobre quais componentes do sangue são de maior ou menor importância? Por exemplo, por que são os glóbulos brancos proibidos, mas permitido a albumina, uma vez que a albumina constitui uma maior percentagem do volume do sangue e do leite, e transplantes de órgãos estão cheios de glóbulos brancos?
  • Por que é que o plasma, glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas são proibidos quando 100% dos seus componentes estão na lista dos aprovados para as Testemunhas receberem, a fim de “sustentar a vida?”
  • Por que a Sociedade usa argumentos “ad hominem” e analogias como aquela sobre álcool e sangue a ser injetado nas veias, o erro pode ser discernido ao considerar esta analogia: “Considere um homem que é dito por seu médico que ele deve abster-se de carne. Ele seria obediente, se deixasse de comer carne, mas aceitasse um transplante de rim? “Por que o resort da Sociedade utiliza falsas analogias para apoiar sua posição?
  • Se devemos nos abster de sangue completamente, como diz a Torre de Vigia, então, por favor, explique por que a Sociedade nos diz que podemos aceitar todos os derivados ou frações de sangue humano e animal? Não será isto contraditório?
  • Por que as Testemunhas de Jeová podem aceitar 100% de frações de sangue e beneficiar-se do sangue que outros doam, mas não estão elas mesmas doando sangue? Doar sangue para ajudar a salvar a vida dos outros, incluindo a vida de seus irmãos e irmãs espirituais, não seria a coisa amorosa e cristã a se fazer?
  • O que devo fazer? Meu filho está com falta de ar. Sua contagem de sangue é perigosamente baixa. Sua frequência cardíaca é de 200, e subindo. Os médicos disseram-nos que sem uma transfusão, ele vai morrer de distúrbio respiratório e insuficiência cardíaca. Expansores de sangue não vão ajudar neste momento, ele precisa de mais glóbulos vermelhos. Ele está terrivelmente pálido e apático e com os olhos arregalados, ele olha para mim e sussurra “Ajude-me, papai.” Devo deixar meu filho morrer baseado na palavra de uma organização que mudou de ideia sobre os transplantes de órgãos, vacinação, serviço civil, as “ovelhas e os cabritos”, a “geração”, 1799, 1874, 1878, 1881, 1914, 1918, 1920, 1925, 1975, etc., etc., etc.? Devo deixar meu filho morrer? É realmente o que Jeová e Jesus esperam de mim? Como me sentirei se a proibição de sangue finalmente se tornar apenas mais uma velha doutrina esquecida? Será que vou ser capaz de me perdoar?
  • Se a Associação Médica Nacional emitir uma recomendação para que os pacientes cardíacos se abstenham de carne, querem eles dizer que os pacientes devem se abster de transplantes de órgãos, e, nomeadamente, transplantes de coração?
  • Se a Sociedade Torre de Vigia mudar de ideia sobre transfusões de sangue, como o fez sobre frações do sangue, transplantes de órgãos, vacinas, intoxicação por alumínio, a eficácia da Radio Biola Eletrônica, etc., você vai junto com a mudança, ou você vai continuar a evitar os cristãos que exerceram suas consciências de uma forma que diferem de suas próprias ideias particulares?
  • Se dois pacientes que estão incapazes de comer estiverem internados em um hospital; em um é administrado uma transfusão de sangue e no outro dextrose IV , qual vai viver? Não é ao que foi dado dextrose? Então, como podemos considerar uma transfusão de sangue uma alimentação de sangue se não há praticamente nenhum benefício nutricional?

Médicos interessados no estabelecimento do consentimento informado podem querer colocar algumas dessas perguntas aos seus pacientes Testemunhas. Esta lista de perguntas também podem “ir juntas” com o artigo  As Testemunhas de Jeová realmente se abstêm de sangue? – e enviado para amigos e parentes.

Se você não é uma Testemunha de Jeová e deseja ajudar, por favor, considere imprimir esta lista e fazer estas perguntas para as Testemunhas de Jeová em sua próxima visita à sua casa. Isso ajudará a criar a discussão que a Torre de Vigia quer evitar, e pode, literalmente, ajudar a salvar a vida desta pessoa.