Esta ilustração é tirada da edição de 22 de outubro de 1990 da Despertai! Pode-se notar que o plasma constitui 55% do sangue. Uma vez que a Sociedade Torre de Vigia permite que as Testemunhas de Jeová aceitem os componentes separados do plasma, é razoável perguntar por que eles proíbem o uso do próprio plasma?

Em grande parte, como resultado do trabalho da AJWRB e seus apoiadores, tornou-se bastante conhecido que a Torre de Vigia permite o uso de todos os derivados do plasma. Estes são concentrados de proteínas plasmáticas específicas que são preparadas a partir do agrupamento (muitas unidades) do Plasma.

Os derivados plasmáticos são obtidos através de um processo conhecido como fracionamento, desenvolvido durante a Segunda Guerra Mundial, e são tratados termicamente e/ou com detergentes solventes para matar certos vírus, incluindo o HIV e hepatite B e C. Os derivados plasmáticos incluem:

Concentrado do Fator VIII
Concentrado do Fator IX
Complexo de coagulação anti-inibidor (AICC)
Albumina
Imunoglobulinas, incluindo a Imunoglobulina Rh
Concentrado anti-trombina III
Concentrador de Inibidor de Alfa 1-Proteinase

Vamos considerar alguns destes individualmente:

Albumina: o sangue contém cerca de 2,2% de albumina por volume. Os leucócitos – que são proibidos – compreendem cerca de 1% do volume sanguíneo, muitas testemunhas e médicos estão intrigados quanto ao motivo que alguns componentes sanguíneos maiores sejam permitidos e alguns menores sejam proibidos. O estimulante de glóbulos vermelhos EPO é um produto de sangue baseado em albumina.1 (Nota: Esta ilustração da Torre de Vigia é outro exemplo das informações erradas que a STV publica sobre o sangue. A porcentagem correta de glóbulos brancos no sangue é 1,0% não 0,1%).

A albumina é frequentemente usada para tratar queimaduras. Um tratamento típico para queimaduras de terceiro grau (30-50%) requer 600 gramas de albumina. A produção dessa quantidade requer cerca de 45 litros de sangue total. Como alguém pode chamar isso de “pequena fração” ou dizer que a Torre de Vigia não tolera o armazenamento de sangue? Claramente, esses 45 litros de sangue necessários para um paciente Testemunha de Jeová queimado não foram “derramados” no chão como a Bíblia relata.

A STV reverteu silenciosamente sua posição sobre a albumina em 1981 levando muitos a se perguntarem se a proibição anterior de seu uso era de Deus ou de homens, e as Testemunhas de Jeová provavelmente não se lembram ou talvez nem mesmo tem conhecimento de que seu uso foi proibido antes desta época, mas estes são os fatos históricos.

“Embora este médico defenda o uso de certas frações do sangue, particularmente a albumina, tais também se enquadram na proibição bíblica.” – Despertai! 09/08/1956 p. 20

AHF crioprecipitado: A porção de Plasma que é rica em certos fatores de coagulação, incluindo Fator VIII, fibrinogênio, fator von Willebrand e Fator XIII. O AHF crioprecipitado é removido do Plasma por congelamento e depois descongelando lentamente o Plasma. Ele é usado para prevenir ou controlar o sangramento em indivíduos com hemofilia e doença de von Willebrand, que são comuns, herdadas de grandes anormalidades de coagulação. A sua utilização nestas condições é reservada para momentos em que os concentrados inativados com vírus contendo Fator VIII e von Willebrand não estão disponíveis e os componentes de plasma devem ser utilizados.

Imunoglobulinas: Os viajantes geralmente são injetados com vacina contra cólera e as Testemunhas de Jeová aceitam isso. Uma única injeção requer 3 litros de sangue total. Este sangue, novamente, é armazenado.

Imunoglobulina da hepatite B (HBIG): Usado para tratar e prevenir a hepatite B

Imunoglobulina do Tétano: (Tetanus Shot)

Rabia Imunoglobulina (RIG): Usado para tratar e prevenir a raiva.

RhO Imunoglobulina (RhoGam): Dado às mães Rh negativo para prevenir a doença hemolítica do recém nascido em gravidezes futuras.

Antitrombina III: Usado para tratar a deficiência de antitrombina III.

Imunoglobulina Humana (HIG): Usado para tratar e prevenir, entre outras coisas, a hepatite A

Preparações de hemofilia (Fator VIII e IX): Um tratamento eficaz requer uma preparação chamada fator VIII, que auxilia na coagulação e é constituída pelo sangue combinado de muitos indivíduos. A STV freqüentemente argumentou que essas são pequenas frações de sangue. Na verdade, no entanto, leva cerca de 9000 quilos de sangue total para fazer uma dose de 0,1 grama de Fator VIII. Uma pessoa que sofre de hemofilia grave normalmente requer várias doses por ano.

A Sociedade Torre de Vigia não é ignorante disso:

“Cada lote de Factor VIII é fabricado a partir do plasma que é agrupado de até 2.500 doadores de sangue”. (A Sentinela de 15 de junho de 1985, p. 30)
“Dra. Margaret Hilgartner, do New York Hospital – Cornell Medical Center, afirmou: “Um hemófilo grave é exposto ao sangue de 800.000 a 1 milhão de pessoas diferentes todos os anos.” (Despertai! 8 de outubro de 1988, p. 11)

Mais de 250.000 doações de sangue são necessárias anualmente para produzir o fator VIII e o fator IX que é utilizado pela comunidade de Testemunhas de Jeová. Enormes cubas podem ser preenchidas com todo o sangue humano que é armazenado e processado para atender às necessidades dos hemofílicos das Testemunha de Jeová.

A Torre de Vigia esclarece esses fatos ao explicar por que permite o uso dessas “pequenas frações”, mas enfatiza cínicamente quando usa a Aids como propaganda contra transfusões de sangue. Então, é claro, se orgulha de como a proibição de sangue protege as Testemunhas de Jeová da AIDS. Mas, como vemos aqui, o Fator VIII é permitido, então a proibição de sangue não dá proteção aos hemofílicos.

É desconcertante que a Sociedade Torre de Vigia permita que todos os componentes acima sejam transfundidos ou injetados em um paciente Testemunha separadamente, mas se você tomasse todos eles ao mesmo tempo e adicionasse água, a mistura resultante (plasma ou FFP) é proibida. Foi dito que isto é o equivalente a um médico dizer a um paciente que ele não pode comer presunto e queijo em sanduíches de centeio. No entanto, que ele pode separar o sanduíche e comer os componentes separados. Outra analogia que vale a pena considerar é comparar sangue ou plasma com um carro roubado, permitindo que este mesmo carro roubado seja desmantelado e legalmente vendido como peças sobressalentes. A Torre de Vigia é pega em um labirinto de legalismo e ninharias. Já vimos acima que a proibição da STV contra o armazenamento de sangue é irremediavelmente inconsistente.


Referências:

1-Human blood is composed of 55% plasma and 45% formed elements (From chart) 1994 Elaine N Marieb R.N. Ph.D. Essentials of Human Anatomy and Physiology – 4th edition p. 291

“Plasma, which is approximately 90% water, is the liquid part of blood.” Ibid p. 290

“Solutes make up about 10% of the plasma volume of which 7% are proteins.” 1990 Ennio C Rossi, Toby L. Simon, Gerald S. Moss – Principles of Transfusion Medicine p. 307

“The Concentration of Albumin is about 40mg/ml, an amount that represents about 60% of the total plasma protein.” Ibid p. 308

Comment: Since 55% of the total blood volume is plasma and 7% of that plasma is protein and 60% of that protein is albumin, then figuring the percentage that albumin comprises of the total blood volume is accomplished by the following computation: .6 X 7 X .55 equals 2.31 percent.

See the following WTS references for a historical verification of changes in policy:

Albumin: Awake! 09/08/1956 p. 20; WT 11/1/61 P. 669; Awake 6/22/82 P. 25; and WT 10/1/94 P.31; WT 6/1/90 P. 31

Vaccines/Serums: Golden Age, 5/1/29, p. 502, #40; WT 12/15/52 P. 764; Awake! 01/08/1954 p. 24; WT 9/15/1958 p. 575; WT 6/1/74 P. 351-352

Illustration from Awake! 10/22/90, p. 4